Home Notícias Música Horóscopo Emprego Futebol Agenda Novelas Vídeos
Caraça FM Programação Quero Anunciar Trabalhe Conosco Fale Conosco

FUTEBOL
Rogério Ceni desembarca em Belo Horizonte com a missão de recuperar o futebol do Cruzeiro

Novo técnico do Cruzeiro, Rogério Ceni desembarcou na manhã desta terça-feira no Aeroporto Internacional de Confins. O ex-goleiro será apresentado oficialmente como treinador do Cruzeiro nesta tarde na Toca da Raposa. Ele terá a missão de recuperar a confiança e o bom futebol do elenco celeste, que vive um momento de crise, com uma sequência de nove jogos sem vitórias (cinco empates e quatro derrotas).

“Para mim é um prazer, uma honra chegar aqui e poder usar o azul do Cruzeiro” foram as primeiras palavras do novo treinador celeste em solo mineiro. "Espero corresponder e poder reerguer o Cruzeiro neste momento de dificuldade", disse o técnico.

Cansado da viagem de Fortaleza para Belo Horizonte, ele se surpreendeu com a presença da imprensa no aeroporto. "Com sono… Nao sabia que vocês estariam por aqui. Pensei que seria à tarde a entrevista. Mas estou muito contente", afirmou Rogério.

O treinador recebeu palavras de incentivo de torcedores no aeroporto. Rogério seguiu direto para a Toca da Raposa II, juntamente com o auxiliar Charles Hembert e do preparador físico Danilo Augusto da Silva. A comissão teve um motorista de luxo - o diretor de futebol celeste Marcelo Djian.

Integrante da nova geração de treinadores brasileiros, Rogério Ceni comandará o seu terceiro clube na carreira e chega para substituir o experiente e vitorioso Mano Menezes. O novo comandante estrelado estreou como treinador no São Paulo, time em que pelo qual atuou por 25 anos como jogador e conquistou diversos títulos, entre eles o Mundial de Clubes (2005), a Copa Libertadores (2005) e o tricampeonato brasileiros (2006, 2007 e 2008). Pelo Tricolor Paulista, Rogério marcou 131 gols em 1237 presenças.

A opção por começar a carreira de treinador, em novembro de 2016, na equipe onde foi ídolo nos gramados não foi como Rogério e o São Paulo planejaram. Após apenas seis meses de trabalho, ele foi demitido do comando do time do Morumbi. Em 37 jogos, foram 14 vitórias, 13 empates e 10 derrotas em (aproveitamento de 49%).

Em novembro de 2017, Ceni trocou o Tricolor Paulista pelo Cearense. No Fortaleza, ele conquistou a Série B (2018), o Campeonato Cearense e a Copa do Nordeste (2019). Em 94 jogos sob o comando do treinador, a equipe venceu 51 vezes, empatou 18 e perdeu 25 (60% de aproveitamento).

Antes de fechar com o Cruzeiro, Rogério foi procurado pelo Atlético. Em abril deste ano, após a demissão de Levir Culpi, Rogério foi sondado por Rui Costa, diretor de futebol alvinegro, mas, por estar próximo de duas finais com o Fortaleza (do Campeonato Cearense e da Copa do Nordeste), recusou o convite do Galo.
    
No Cruzeiro, o novo treinador encontrará um ambiente instável dentro e fora de campo. O clima na Toca se tornou conturbado em maio deste ano, após as denúncias de irregularidades e crimes supostamente praticados por dirigentes celestes, que passaram a ser alvo de investigações das Polícias Civil e Federal e do Ministério Público. Desportivamente, a Raposa também vive um momento de crise. O time foi eliminado pelo River Plate nas oitavas de final da Copa Libertadores, está na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro (17ª colocação, com 11 pontos) e perdeu em casa na primeira partida da semifinal da Copa do Brasil, para o Internacional, por 1 a 0.

Rogério já coloca a mão na massa e comanda o primeiro treinamento no Cruzeiro ainda nesta terça, após a coletiva de apresentação na Toca da Raposa II.

Estado de Minas








Copyright © Caraça FM 2019. Todos os direitos reservados. Webmail
Rua São Manoel 1040, Juca Batista, Itabira, MG | Telefone do Escritório: (31) 3834-1966 / Estúdio: (31) 3834-1688

Expediente
Quero anunciar
Fale Conosco
Trabalhe Conosco