O técnico Jorge Sampaoli é conhecido por trabalhar com jogadores mais experientes. Essa característica pode impactar no planejamento de utilização de jovens no Atlético em 2020. O clube tem alguns atletas mais novos que aguardam por uma chance com o treinador – veja a lista no fim.

A lista conta com jogadores que fazem parte da equipe de transição e também do sub-20 do Atlético. Os atletas se destacaram nos últimos meses nas divisões de base e esperam oportunidade para entrar na equipe principal.

Entre os jogadores, alguns já tiveram chance de estrear na equipe profissional, como os volantes Adriano e Neto, e o meia-atacante Alessandro Vinícius. Outros já ficaram no banco de reservas, mas não foram utilizados pelos treinadores.

No Santos, no ano passado, Sampaoli foi criticado nos bastidores pela utilização da base. O treinador pegava os destaques da base para servirem de ‘sparrings’ nos treinos do profissional. Desta forma, ele desfalcava os times inferiores em treinos e jogos.

Na equipe paulista, Sampaoli deu chances a sete jovens em 2019: o zagueiro Wagner Leonardo (20 anos e um jogo), o meia Sandry Roberto (17 anos e três jogos) e os atacantes Felippe Cardoso (20 anos e sete jogos), Tailson (20 anos e 11 jogos), Kaio Jorge (18 anos e sete jogos), Arthur Gomes (20 anos e três jogos) e Yuri Alberto (18 anos e dois jogos).

Desses, Wagner Leonardo, Sandry Roberto e Tailson estrearam no profissional sob o comando de Sampaoli.
Time de transição
O Superesportes apurou que alguns atletas do time de transição, projeto criado pelo ex-diretor Rui Costa e pelo coordenador das categorias de base Júnior Chávare, que a equipe não terá continuidade. O Atlético não confirma, mas as decisões sobre o assunto serão tomadas pelo executivo Alexandre Mattos e pelo técnico Jorge Sampaoli.

Estado de Minas

× Como posso te ajudar?
%d blogueiros gostam disto: