Uma pesquisa realizada pela Universidade Federal de Pelotas (UFPel) concluiu que o Brasil tem sete vezes mais casos de coronavírus do que os números oficiais divulgados pelo Ministério da Saúde. O levantamento foi divulgado pela RBS TV.

Segundo a pesquisa, a Região Norte é a mais afetada pela pandemia. Na cidade de Breves, no Pará, 24,8%, ou seja, praticamente um quarto da população está ou esteve com coronavírus.

No Nordeste, Fortaleza e Recife têm os maiores índices de infectados. Já no Sudeste, São Paulo teve 3% da população infectada, e o Rio de Janeiro, 2%.

Os pesquisadores visitaram 21 das 27 capitais estaduais em casas escolhidas mediante sorteio. Foi analisada a proporção da população que se contaminou em cada região do país.

No total, foram entrevistadas 25.025 pessoas no Rio Grande do Sul com a participação de pesquisadores do Ibope e realizados testes rápidos para a COVID-19 em 133 municípios brasileiros. De acordo com os realizadores da pesquisa, essa amostragem representa, aproximadamente, 54 milhões de habitantes. Estatisticamente, é como se a pesquisa tivesse sido realizada em um quarto da população do Brasil.

Estado de Minas

× Como posso te ajudar?
%d blogueiros gostam disto: