Mulher alega legítima defesa ao esfaquear e queimar companheiro na Serra, em BH
Desentendimento entre o casal começou dentro de uma residência na Serra (foto: Túlio Santos/EM/D. A. Press)

Mulher alega legítima defesa ao esfaquear e queimar companheiro na Serra, em BH

Uma briga de casal entre uma mulher de 35 anos e um homem de 30, no Aglomerado da Serra, na Região Sul de Belo Horizonte, terminou na delegacia e no hospital na noite dessa quarta-feira. A Polícia Militar (PM) conseguiu deter a mulher, que alegou legítima defesa ao esfaquear e queimar o companheiro.

Segundo a mulher, o homem teria a agredido com um pedaço de madeira em casa. Como revide, ela pegou uma faca e aplicou golpes contra pulso e tórax do homem. Além disso, ela usou água fervente para queimar parte do corpo do homem.

A movimentação intensa fez com que a PM fosse acionada. Ao chegar no local, os militares conseguiram interceptar a mulher, que contou sua versão, e encaminharam o homem ao Hospital João XXIII, na Região Central da capital.

A mulher apresentava uma lesão em um dos joelhos e também precisou de atendimento, sendo conduzida para Unidade Pronto Atendimento (UPA) do Bairro Jardim América, na Região Oeste de BH. Depois, ela foi encaminhada a uma delegacia. A Polícia Civil seguirá com as investigações.

Estado de Minas

× Como posso te ajudar?
%d blogueiros gostam disto: