O prejuízo dado pelos militares do Grupo Tático Rodoviário (GTR) de Itabira ao tráfico de drogas, pode ter chegado a R$ 250 mil, durante apreensão de aproximadamente 5kg de substancia aparentando ser pasta base de cocaína.
 Segundo informações, por volta das 21h30 desta quarta-feira dia 29 de abril de 2020, os sargentos Alexandre, Aenderson, Júlio e Wenderson Loiola do Grupo Tático Rodoviário (GTR) de Itabira estavam em operação de fiscalização no km-451 da rodovia MGC-120, na localidade Laboreux, quando pararam o GM Celta prata, placa GZE 5519 (São Domingo do Prata-MG), que seguia sentido Itabira.
No carro estavam dois homens de 30 e 33 anos. De acordo com informações, o motorista apresentou certo nervosismo e o passageiro alegou não ter naquele momento, nenhum documento de identificação.
Diante das suspeitas, os militares deram ordem para que os dois desembarcassem do veiculo, que foi submetido a busca minuciosa, sendo localizado escondido no forro da parte traseira, oito barras da droga.
Um dos suspeitos é natural de Barão de Cocais e o outro de Nova Era, eles teriam alegado que foram contratados para levar a droga de Ipatinga para Belo Horizonte, mas não quiseram passar maiores informações aos policiais.
As oito barras que pesam cerca de 5kg foram apreendidas e entregues na Delegacia de Polícia Civil de Itabira, onde foi entregue os dois presos. O veiculo usado no transporte da droga foi apreendido e levado ao pátio credenciado pelo Detran.
A Polícia Rodoviária acredita que o prejuízo dado ao tráfico de drogas nesta apreensão seja de cerca de R$ 250 mil, uma vez que a pasta base e misturada a outras substancia para chegar ao produto entorpecente vendido no tráfico de drogas.
Fonte: Fatos de Minas
× Como posso te ajudar?
%d blogueiros gostam disto: