Atlético foi o time que mais contratou durante a pausa do futebol brasileiro; veja o ranking
Alexandre Mattos liderou a busca por novas contratações no Atlético (Foto: Bruno Cantini/Atlético)

O Atlético lidera, ao lado do Athletico Paranaense, o ranking de contratações da Série A do futebol brasileiro durante a pandemia do novo coronavírus. Os dois clubes oficializaram a chegada de seis novos reforços nesta pausa do futebol brasileiro. Veja o ranking completo no fim do texto.

O alvinegro mineiro investiu mais de R$ 67 milhões em novos reforços durante o período de paralisação. O Galo contratou os zagueiros Bueno (300 mil dólares – cerca de R$ 1,5 milhão) e Junior Alonso (3 milhões de euros – cerca de R$ 17,9 milhões); os volantes Léo Sena (R$ 4 milhões) e Alan Franco (2,5 milhões de dólares – cerca de R$ 12,6 milhões); e os atacantes Marrony (cerca de 3,5 milhões de euros – cerca de R$ 20 milhões) e Keno (2,3 milhões de dólares – cerca de R$ 11,8 milhões).

Além disso, o clube mineiro investiu 3 milhões de euros (cerca de R$ 17,9 milhões) para comprar de forma definitiva o meia Nathan, que pertencia ao Chelsea.

O Atlético contou com ajuda de parceiros para contratar os atletas. O único bancado por dinheiro do próprio clube foi o atacante Keno. O restante chegou graças a aporte de Rubens Menin, principal investidor do clube alvinegro, dono da MRV.

O Galo ainda pode assumir a liderança isolada do ranking das contratações. O clube busca um centroavante para fechar o elenco. A chegada de um goleiro também não está descartada.
Empate na liderança
O Athletico Paranaense também contratou seis jogadores durante a pausa do futebol brasileiro. O Furacão anunciou os zagueiros Aguilar e Edu, o meia Jaime Alvarado e os atacantes Walter, Daniel Martins e Geuvânio.

Outros seis clubes da Série A fizeram contratações durante o período: Atlético-GO (4), Botafogo e Corinthians (2), Fluminense, Internacional e Sport (1). O restante optou por não fazer investimentos em função da crise financeira provocada pela falta de jogos.
Reforços por clubes da Série A
Atlético – 6 contratações

Zagueiro Bueno (Kashima Antlers, do Japão)
Zagueiro Junior Alonso (Lille da França/Boca Juniors-ARG)
Volante Léo Sena (Goiás)
Volante Alan Franco (Independiente del Valle)
Atacante Marrony (Vasco)
Atacante Keno (Pyramids, do Egito)

Athletico Paranaense – 6 contratações

Zagueiro Aguilar (Santos)
Zagueiro Edu (Cruzeiro)
Meia Jaime Alvarado (Watford, da Inglaterra)
Atacante Walter (sem clube)
Atacante Daniel Martins (Novorizontino-SP)
Geuvânio (sem clube)

Atlético-GO – 4 contratações

Zagueiro João Victor (Corinthians)
Volante Matheus Frizzo (Grêmio)
Volante Willian Maranhão (Vasco)
Meia Everton Felipe (São Paulo/Cruzeiro)

Botafogo – 2 contratações

Zagueiro Rafael Forster (Ludogorets, da Bulgária)
Atacante Salomon Kalou (Hertha Berlin, da Alemanha)

Corinthians – 2 contratações

Atacante Léo Natel (São Paulo)
Atacante Jô (Nagoya Grampus. do Japão)

Fluminense – 1 contratação

Atacante Fred (sem clube)

Internacional – 1 contratação

Volante Matheus Jussa (Oeste-SP)

Sport – 1 contratação

Lateral-direito Patric (Atlético)
Não contrataram na pandemia
Bahia
Bragantino
Coritiba
Flamengo
Fortaleza
Goiás
Grêmio
Palmeiras
Santos
São Paulo
Vasco

SuperEsportes

× Como posso te ajudar?
%d blogueiros gostam disto: