O Ministério da Economia teria encerrado a construção da proposta de reforma tributária e deverá encaminhá-la para Casa Civil até sexta-feira, segundo o Blog do Valdo Cruz no G1.

Na lista de mudanças estaria incluída a criação de um imposto sobre pagamentos eletrônicos.

O novo tributo proposto pelo governo de Jair Bolsonaro seria uma maneira para a Pasta gerar receita para desonerar a folha de pagamento de todos os setores.

Estaria incluída, ainda, no texto a unificação de tributos federais, como PIS/Cofins, na Contribuição sobre Bens e Serviços (CBS), que deverá ser cobrada nas transações de bens e serviços.

O ministro da Economia, Paulo Guedes, já teria até buscado apoio no Congresso Nacional para o seu a sua proposta.

Istoé

× Como posso te ajudar?
%d blogueiros gostam disto: