O jovem Patrick Couto Santos, de 22 anos, conhecido como “pescocinho”, morreu no pronto socorro após ter sido baleado na Rua João Camilo de Oliveira Torres, no Bairro Juca Rosa, em Itabira. O homicídio aconteceu por volta de 0h30min desta sexta-feira, 14 de fevereiro de 2020. Um suspeito de ter sido o autor do crime já foi identificado.

Segundo informações, a Central de Operações da Polícia Militar (COPOM) recebeu várias denúncias anônimas informando ter ocorrido diversos disparos de arma de fogo na referida rua. Patrick Santos foi encontrado caído, no portão de entrada de uma residência, apresentando várias perfurações pelo corpo.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi acionado e a equipe na Unidade de Suporte Avançado (USA) esteve no local. Patrick Santos, que apresentava três perfurações no tórax, uma na cintura, uma no braço esquerdo e outra no pescoço, recebeu atendimento médico dentro da ambulância e foi levado com urgência para o pronto socorro.

Após dar entrada na unidade de saúde, cerca de uma hora depois, Patrick Santos não resistiu aos ferimentos e morreu antes mesmo de ser levado para o bloco cirúrgico. Os policiais preservaram o local do fato para a perícia técnica da Polícia Civil.

Os militares disseram que antes de Patrick Santos chegou a dizer que não sabia quem teria sido o autor dos disparos, que ele foi surpreendido pelas costas e ao sair correndo não olhou para trás. Os policiais fizeram diligências e obtiveram o nome de um homem que pode ter sido o autor do crime.

Os militares fizeram um rastreamento, mas o suspeito não foi encontrado para prestar esclarecimentos. Patrick Couto era conhecido no meio policial por já ter sido preso por suspeita de furtos. A Polícia Civil vai instaurar um inquérito para investigar e apurar o caso.

Thales Benício – Itabira

× Como posso te ajudar?
%d blogueiros gostam disto: