Um cabo da Polícia Militar foi morto na tarde desse domingo depois de se envolver em uma discussão no trânsito com um soldado, também da PM de Minas Gerais. O caso aconteceu no Centro de Esmeraldas, cidade da Região Metropolitana de Belo Horizonte. Os dois rapazes estavam de folga, informou a corporação.

Segundo a versão do soldado, um rapaz de 27 anos, ele estava no carona de um caminhão de mudança. O cabo, um homem de 33 anos, teria avançado um sinal e fechado o caminhão. O motorista do caminhão buzinou, e o cabo mostrou o dedo médio e xingou.

O soldado teria orientado o motorista do caminhão a seguir, mas o cabo iniciou uma espécie de perseguição, quando o soldado viu o cabo armado. O cabo teria ultrapassado pela direita e saído do carro com uma arma em punho, apontando aos presentes no caminhão.

O soldado, então, teria se apresentado como policial e pedido para o cabo baixar a arma. A ordem não teria sido acatada, e o soldado efetuou dois disparos. O cabo segui com a arma em mãos, e o soldado teria dado mais dois tiros. A esposa do cabo alegou que ele estava embriagado e disse que não ouviu nenhuma ordem para o marido soltar a arma.

O cabo foi atingido nos dois braços, no tórax e no abdômen. Ele foi encaminhado primeiramente ao Hospital 25 de Maio, em Esmeraldas, onde pasosu por procedimento cirúrgico. Na sequência, o homem gravemente ferido foi encaminhado ao Hospital João XXIII, em BH, de helicóptero.

O cabo, entretanto, morreu na madrugada desta segunda-feira. O suspeito de efetuar os disparos foi conduzido para a 6ª Cia. da Polícia Militar, em Esmeraldas. Ele foi autuado em flagrante. A perícia isolou o local da discussão e deu início ao trabalho de investigação.

Estado de Minas

× Como posso te ajudar?
%d blogueiros gostam disto: