Seis meses depois de passar por uma cirurgia no ombro esquerdo, Arthur Zanetti se prepara para o primeiro desafio deste ciclo olímpico. Campeão das argolas em Londres 2012 e prata na Rio 2016, o ginasta contou que ainda tem limitações nos treinos, mas que a recuperação segue o ritmo planejada para que ele esteja 100% em outubro, no Mundial de Montreal.

– Os treinos estão indo bem. Já estou praticamente liberado pelo médico e voltando ao ritmo normal, ainda com algumas limitações nas argolas por conta da cirurgia, mas a cada semana que passa estou melhorando. O objetivo principal é o Mundial. Esse recomeço está sendo bom, de acordo com o que eu tinha planejado. Agora é manter e a cada semana melhorar um pouco para conseguir entrar em forma o mais rápido possível – disse Zanetti.

 O campeão olímpico ainda não tem data para estrear nesta temporada. A seleção brasileira masculina deve abrir o ano em etapas da Copa do Mundo de maio, mas ainda não há a convocação dos atletas. Enquanto isso, Zanetti segue seu treinamento no Serc Santa Maria, de São Caetano do Sul, com o técnico Marcos Goto.

A equipe feminina do Brasil, por sua vez, já tem a primeira competição na programação de 2017. Nos dias 1º e 2 de abril, as meninas disputarão o Trofeo Citta di Jesolo, tradicional meeting por equipes, que contará com a anfitriã Itália, além de Estados Unidos, Rússia, França, Canadá e Bélgica.

Globo Esporte

Comentarios

Comentarios