A venda de Róger Guedes ao Shandong Luneng, da China, foi concretizada e anunciada na tarde desta quinta-feira. Apesar de a negociação ter caráter oficial, o Palmeiras – que havia emprestado o atleta ao Atlético até o final do ano – admite a possibilidade de o atacante de 21 anos não se transferir ao futebol chinês e, com isso, defender o Alvinegro no restante da temporada. Isso acontecerá caso o clube asiático não consiga inscrever o atleta a tempo.

Em nota, Palmeiras afirma que “o negócio aconteceu nas últimas horas e, como a janela para transferências para clubes chineses se encerra amanhã, ainda há risco de não ser consumado. Se a venda não for efetivada, o atleta retorna para o Atlético por empréstimo até o final do ano”.

Segundo o Palmeiras, o valor total da negociação é de 9,5 milhões de euros (cerca de R$ 43 milhões na cotação atual). Desse total, o Atlético ficará com 2,5 milhões de euros (cerca de R$ 11,3 milhões). O clube paulista, por sua vez, receberá 4,3 milhões de euros (cerca de R$ 20,4 milhões).

O Criciúma, equipe em que Róger Guedes foi revelado, detinha 75% dos direitos econômicos do jogador e também lucrou com a negociação. Os valores, entretanto, não foram revelados.

Contratado por empréstimo no início de 2018, Róger Guedes fez 13 gols em 28 jogos disputados pelo Atlético. No Campeonato Brasileiro, competição em que o atacante é artilheiro, foram nove tentos em 12 aparições.

Leia a nota do Palmeiras sobre a venda de Róger Guedes


O Palmeiras vendeu o atleta Róger Guedes por 9,5 milhões de euros para o Shandong Luneng, da China. Em 2016, o clube havia adquirido 25% dos direitos federativos do jogador por 2,5 milhões de reais. Na negociação com os chineses, o Alviverde ficou com 45,26% do valor total da transação – 20.425 milhões de reais (4,3 milhões de euros), totalizando um lucro de 17.925 milhões de reais. 

 
O negócio aconteceu nas últimas horas e, como a janela para transferências para clubes chineses se encerra amanhã, ainda há risco de não ser consumado. Se a venda não for efetivada, o atleta retorna para o Atlético por empréstimo até o final do ano.
Estado de Minas

Comentarios

Comentarios