O Atlético busca, na noite desta terça-feira, às 21h, no Independência, garantir a liderança do Grupo 6 da Copa Libertadores, que lhe dará a vantagem de decidir em casa a classificação nas oitavas de final. Em grande fase na temporada (são seis jogos consecutivos com boas atuações e invencibilidade), o Alvinegro recebe o Godoy Cruz no Caldeirão do Horto. E só o resultado positivo interessa ao Galo. O empate garante a ponta ao time argentino.

Por Libertadores, Mineiro e Primeira Liga, o Atlético jogou 10 vezes no estádio neste ano e venceu todos os compromissos. Os números mostram a força ofensiva (26 gols marcados) e defensiva (4 gols sofridos) do time comandado por Roger Machado, que conseguiu achar um esquema de jogo ideal para a equipe.

Com três volantes em campo (Rafael Carioca, Adilson e Elias), o Galo cresceu. A atual sequência invicta culminou com a classificação na Libertadores, título do Campeonato Mineiro e estreia positiva no Campeonato Brasileiro, empatando com o Flamengo, um dos favoritos na competição.
Na noite desta terça, no entanto, a trinca do meio-campo alvinegro não estará completa. Rafael Carioca está suspenso e desfalca o Atlético. Roger Machado deve optar por manter o esquema tático, colocando em campo o jovem Yago. Se quiser deixar o time mais ofensivo, Cazares, que entrou em campo nas últimas partidas e teve boas atuações, saí na frente. Mesmo se não ocupar a vaga do camisa 5, o equatoriano briga pela titularidade com o venezuelano Otero.

Quem não treinou nessa segunda-feira foi Victor. O goleiro esteve presente ao sepultamento de seu pai, José Bagy, que faleceu aos 75 anos, no interior de São Paulo. Se não tiver condições de entrar em campo, o camisa 1, que está relacionado para o jogo, será substituído por Giovanni.

O zagueiro Felipe Santana, que segue como titular na vaga do lesionado Leonardo Silva, cita qual é o objetivo do Atlético no jogo contra o Godoy Cruz. “Ficou frisado desde o início que o importante era se classificar da melhor forma. Sabemos da importância dessa primeira colocação, pela classificação geral. Queremos nos enquadrar entre os melhores da competição”, disse.

O Galo soma 10 pontos no grupo da Libertadores. O Godoy Cruz tem 11. Caso vença, o Alvinegro, que já está classificado, terá a primeira posição da chave. Com isso, decidirá as oitavas de final como mandante. Somar 13 pontos pode fazer o Atlético terminar entre os melhores da fase de grupos, que pode garantir vantagem de mandos em fases seguintes. O próximo adversário será conhecido através de sorteio.

ATLÉTICO X GODOY CRUZ

ATLÉTICO
Victor (Giovanni), Marcos Rocha, Felipe Santana, Gabriel e Fábio Santos; Yago, Adilson, Elias e Otero; Robinho e Fred
Técnico: Roger Machado

GODOY CRUZ
Rodrigo Rey, Luciano Abecasis, Diego Viera, Danilo Ortiz e Fabrizio Angileri;  Diego Poyet González, Gabriel Carabajal, Nicolas Sanchez e Maxi Correa; Juan Fernando Garro e Santiago Garcia
Técnico: Lucas Bernardi

Motivo: 6ª rodada do Grupo 6 da Copa Libertadores
Local: Estádio Independência, em Belo Horizonte
Data e hora: terça-feira, 16 de maio, às 21h

Árbitro: Michael Espinosa (Peru)
Auxiliares: Victor Raez (Peru) e Stephen Atoche (Peru)

Estado de Minas

Comentarios

Comentarios