Uma mulher de 39 anos chamou a Polícia Militar, por volta das 21h40min de quarta-feira, 11 de julho de 2018, após ter sido agredida por um pastor durante um culto evangélico em uma igreja na Avenida Machado de Assis no Bairro Machado em Itabira. Segundo a polícia, o suspeito, de 50 anos, não foi encontrado para prestar esclarecimentos do ocorrido.

A vítima relatou para os militares que durante o culto a esposa do acusado teria insultado a sua filha, dizendo que a mesma não deveria estar naquela igreja por ser uma pecadora, que diante do fato questionou a mulher do porquê de aqueles dizeres, momento este em que o pastor interferiu e passou a lhe agredir.

A mulher afirmou que o acusado lhe puxou pelo pescoço, causado arranhões no rosto e no ombro, que após o ocorrido retornou para a sua casa e acionou a polícia para que fosse feito o registro da ocorrência.

Os militares foram até a igreja, mas o local já estava fechado e o suspeito não foi encontrado para prestar esclarecimentos sobre o ocorrido. A vítima foi orientada a representar contra o acusado. A ocorrência de lesão corporal foi registrada e encaminhada para a delegacia de Polícia Civil.

A reportagem tentou contato com algum responsável pela igreja, mas não obtivemos sucesso. O site deixa o espaço aberto para caso queira se manifestar sobre o caso.

Comentarios

Comentarios