O Minas está classificado para disputar a final do Campeonato Mineiro de Vôlei Masculino. A equipe conseguiu a classificação ao vencer o Montes Claros  por 3 sets a 0  (20 x 25, 21 x 25 e 21 x 25), na tarde deste sábado, no Ginásio Poliesportivo Tancredo Neves, na Cidade do Norte de Minas. O adversário da equipe minas-tenista sairá do duelo entre Cruzeiro e Juiz de Fora, no dia 4 de outubro, em Contagem.

A equipe de Belo Horizonte não se importou com a torcida adversária – que compareceu em peso ao ginásio (4.123 espectadores) – e teve uma atuação impecável com acertos em todos os fundamentos. O destaque foi o oposto Felipe Roque, muito eficiente no ataque.

O Montes Claros, por sua vez, apresentou muitos erros. Para facilitar o jogo dos visitantes, o oposto Lorena também não esteve bem e a torcida chegou a pedir a entrada de Alemão (oposto reserva), sem ser atendida.

O jogo

No primeiro set, o jogo foi muito equilibrado, com as duas equipes se alternando no placar. Em dois erros seguidos de recepção do Montes Claros, o Minas abriu vantagem de três pontos  (17 x 20). O técnico do Pequi Atômico, Chico dos Santos pediu tempo. No entanto, ainda assim o Minas ampliou a vantagem e, posteriormente, fechou a parcial em 25 a 20.

No segundo set, com boa passagem de Biset pelo saque, o time visitante abriu vantagem logo no início (6 x 9). No entanto, o oposto Lorena chamou a torcida após o pedido de tempo de Chico do Santos  e empatou o placar em 13 a 13. A parcial seguiu equilibrada, mas, assim como no no início do set, a passagem de Bisset pelo saque fez a diferença e Minas voltou a se distanciar no placar, com 23 a 18 e, posteriormente, fechou em 25 a 21.

No terceiro set, indo para o “tudo ou nada” , o Montes Claros se mostrou nervoso e apresentou muitos erros. Enquanto isso, do lado do adversário tudo dava certo. Eficiente no saque e no ataque, o Minas abriu 11 a 6. O  time da casa reagiu e chegou a empatar a parcial em 16 a 16. A torcida do Pequi Atômico tentou apoiar a equipe, mas a alegria dos torcedores durou pouco. Lorena cometeu um erro de ataque e em seguida sofreu um bloqueio. A torcida pediu a entrada do oposto reserva Alemão, não sendo atendida. O Minas se aproveitou dos erros do adversário e fez 19 a 16. Depois, não teve dificuldades para fechar a parcial em 25 a 21, e fechou a partida em 3 a 0.

 

Fonte: SuperEsportes

Comentarios

Comentarios