Atlético e Ceará foram para o intervalo com o 1 a 1 no placar, nesta segunda-feira. No vestiário do Castelão, em Fortaleza, o técnico Levir Culpi decidiu pela entrada de David Terans na vaga de Luan. Os motivos da substituição? O cartão amarelo recebido na primeira etapa e dores na panturrilha esquerda relatadas pelo jogador.

O cartão amarelo também fez com que Hulk fosse substituído na lateral esquerda por Patric, ainda no intervalo. “Era um jogo em que você precisa ganhar também. Se você entra com dois amarelados… Cartão amarelo é muito simples para se tomar hoje. Mesmo sem querer, você toma o cartão. Então, já entrariam pendurados. O Luan, não. O Luan estava sentindo a perna também, me falou no intervalo. Aí saiu por dois motivos. Mas o cartão tirou os atletas”, disse Levir, que, num primeiro momento havia dito que Luan sofrera uma “contusão”.

De todo modo, Luan não atuará na próxima partida. O meia-atacante está suspenso por acúmulo de três cartões amarelos e é desfalque certo para o jogo contra o Grêmio, neste sábado, às 17h, no Independência, pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro.

A tendência é que Hulk também não seja utilizado pelo técnico Levir Culpi. Titular da posição, Fábio Santos cumpriu suspensão diante do Ceará e está livre para atuar contra o Grêmio.

Estado de Minas

Comentarios

Comentarios