Reginaldo de Oliveira Silva, 38 anos, morreu ao ser atropelado por um trem na Estrada de Ferro Vitória Minas (EFVM) no Bairro Praia Grande em Nova Era. O atropelamento aconteceu por volta das 18h de quinta-feira, 6 de dezembro de 2018, quando o Grupo de Atendimento Voluntário de Emergência (GAVE) foi acionado para o socorro da vítima.

O maquinista Renilton Bento Gonçalves, 46 anos, disse aos policiais que seguia com a locomotiva em direção a Belo Horizonte, que ao passar por debaixo do viaduto da BR-381 avistou um homem andando na linha férrea de cabeça abaixada, que de imediato acionou a buzina e os freios de emergência, porém a composição não parou e acabou atropelando o homem que foi atingido pelas costas.

Renilton Gonçalves afirmou que no momento do acidente havia outra composição passando na linha ao lado no sentido contrário, que devido ao enorme barulho, acredita que a vítima não tenha escutado a buzina.

O GAVE foi acionado por populares para socorrer Reginaldo Silva, porém na chegada da equipe de resgate a vítima já não apresentava sinais vitais. O local do atropelamento então foi preservado para os trabalhos da perícia técnica da Polícia Civil de João Monlevade.

Após os trabalhos periciais, o corpo de Reginaldo Silva que apresentava ferimentos na cabeça, no braço esquerdo, nas costas e uma fratura exposta na perna esquerda, foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML).

Comentarios

Comentarios