O Atlético contratou cinco reforços para a sequência da temporada e todos eles fizeram a estreia pelo clube no jogo-treino contra a Seleção Brasileira Sub-20, na tarde desta quarta-feira, na Cidade do Galo. O colombiano Yimmi Chará foi o único titular na vitória por 5 a 3. O restante deles (Zé Welison, David Terans, Edinho e Denílson) atuou na segunda etapa.

A participação dos jogadores foi avaliada positivamente pelo técnico Thiago Larghi. “Todos os reforços foram bem, o Chará, que foi titular, e os outros, que entraram no segundo tempo. Eles precisam se soltar mais para mostrar o potencial”, disse.

Confira uma análise sobre a participação de cada um na partida:

Yimmi Chará

O colombiano foi o único titular na atividade. Chará foi tímido em sua primeira participação com a camisa do Atlético. O meia-atacante tentou dialogar com Patric, mas as jogadas não surtiram efeito. Em algumas oportunidades, tentou a jogada individual e teve sucesso nos dribles.

Chará não jogou apenas pelo lado direito. Algumas vezes, o meia-atacante apareceu pelo lado esquerdo e pela faixa central do gramado. No fim da primeira etapa, ele deu assistência para Ricardo Oliveira marcar o segundo gol do Galo, após passe em profundidade pelo lado direito do ataque.

Denílson

O centroavante agradou o torcedor atleticano presente na Cidade do Galo. Denílson se movimentou bastante e apareceu muitas vezes para receber o passe. Ele marcou um belo gol após jogada trabalhada pelo lado direito. Depois do cruzamento de Patric, ele dominou na entrada da pequena área e fuzilou.

O atacante apareceu muitas vezes como opção para o chutão do setor defensivo, papel que era efetuado por Jô no time campeão da Libertadores em 2013. E Denílson teve chance de marcar outro gol, após lançamento de Tomás Andrade, mas adiantou muito a bola e teve que dividir com o goleiro. Na sobra, porém, acertou lindo cruzamento de calcanhar para Erik fechar o placar.

David Terans

O mais tímido dos cinco reforços em campo. Com o jogo pelos lados do campo, Terans ficou isolado na parte central do gramado. No entanto, ele participou da marcação e da criação de algumas jogadas. Ele apareceu para marcar o quarto gol, de peixinho, após cruzamento de Edinho.

Edinho

O meia-atacante Edinho ganhou o torcedor atleticano nos poucos minutos que ficou em campo. Ele entrou no intervalo e imprimiu muita velocidade pelo lado direito do ataque. Com dribles e jogadas em direção à meta adversária, participou da criação do lance que terminou com o gol de Denílson e cruzou a bola para Terans balançar as redes. Além disso, deu algumas arracandas e foi solidário na marcação.

José Welison

O volante foi o único que não participou de nenhuma jogada de gol do Atlético no jogo-treino. Zé Welison foi muito firme na marcação e fez vários desarmes e interceptações. O jogador também auxiliou bastante na saída de bola e deixou uma imagem positiva ao técnico Thiago Larghi.

Estado de Minas

Comentarios

Comentarios