O Cruzeiro oficializou nesta quinta-feira a contratação do meio-campista Federico Mancuello, do Flamengo. Em comunicado no site oficial, o clube celeste divulgou os valores da negociação: US$ 1,8 milhão de dólares (cerca de R$ 5,8 milhões) por 60% dos direitos econômicos do jogador. O contrato valerá até dezembro de 2020, com opção de renovação por mais um ano. As conversas com o rubro-negro foram conduzidas pelo presidente Wagner Pires de Sá e o vice-presidente de futebol Itair Machado.

De acordo com a assessoria de comunicação do Cruzeiro, Mancuello chegará a Belo Horizonte na próxima segunda-feira para a realização de exames médicos e assinatura de contrato.

Mancuello é o sétimo reforço do Cruzeiro em 2018. Além dele, a diretoria celeste contratou o lateral-direito Edílson (ex-Grêmio), os laterais-esquerdos Egídio (ex-Palmeiras) e Marcelo Hermes (emprestado pelo Benfica-POR), o volante Bruno Silva (ex-Botafogo) e os atacantes David (ex-Vitória) e Fred (ex-Atlético). Por outro lado, saíram do elenco o volante Hudson (São Paulo), os meias Alisson (Grêmio) e Elber (Bahia), o lateral-esquerdo Bryan (Vitória) e o lateral-direito Lennon.

Na Raposa, o versátil jogador, que cumpre as funções de meia, volante e lateral-esquerdo, poderá herdar a camisa 11 que pertencia a Alisson (trocado com o Grêmio por Edílson). Foi esse número que o gringo usou pelo Flamengo de 2016 a 2017 e em parte de sua trajetória no Independiente.

Trajetória

Natural de Reconquista, na Argentina, o jogador foi formado nas categorias de base do Independiente. Depois de breve passagem pelo Belgrano, entre 2011 e 2012, ele se consolidou com a camisa do maior campeão da Libertadores e ganhou fama de volante artilheiro.

Dos 21 gols anotados em 174 partidas pelo Independiente, 13 foram nos anos de 2014 e 2015 (38 jogos). Os chutes precisos de longa e média distância e as infiltrações como elemento surpresa chamaram a atenção do Flamengo, que o adquiriu em janeiro de 2016 por US$ 3 milhões (R$ 12 milhões), montante pago por 90% dos direitos econômicos.

Pelo rubro-negro, Mancuello contabilizou 68 partidas (44 como titular), fez 10 gols e contribuiu com 10 assistências. O jogador até fez boas apresentações, mas sem igualar o rendimento que o consagrou no futebol argentino. Por isso, acabou isponibilizado pelos cariocas para transferência.
Com convocações para sua seleção no currículo, Mancuello fez um gol de falta pela albiceleste na vitória por 2 a 0 sobre El Salvador, em amistoso disputado no dia 28 de março de 2015, nos Estados Unidos. No mesmo país, ele enfrentou o Equador três dias depois e ajudou a Argentina a ganhar por 2 a 1.

Ficha do jogador

Nome completo: Federico Andrés Mancuello
Posição: Meio-campista
Nascimento: 26 de março de 1989 (28 anos), em Reconquista-ARG
Altura: 1,77m
Carreira: Independiente (2008 – 2015), Belgrano (2011 – 2012), Flamengo (2016 – 2017) e Cruzeiro (desde 2018)
Títulos: Copa Sul-Americana 2010 e Campeonato Carioca 2016
Estado de Minas

Comentarios

Comentarios