Já convencido a deixar a aposentadoria de lado e correr pela Williams por mais um ano na Fórmula 1, em janeiro, Felipe Massa agora negocia o futuro para a próxima temporada, já que o atual contrato se encerra em dezembro. De acordo com o que afirmou nesta segunda-feira, o brasileiro vê a escuderia como única opção para permanência na categoria.

Ao ser perguntado se era Williams ou nada, nenhuma equipe no ano que vem, ele foi direto ao ponto: “Acho que sim. Ou talvez se algo acontecer, como Rosberg decidindo se aposentar. Mas não acho que vá acontecer”, disse ao Motorsport.

Em seguida, continuou: “Eu olho [para outras vagas], mas as equipes que vi talvez tenham uma direção diferente em termos de pilotos. Agora, não olho para outras equipes. Eu vejo se ficarei ou não”, acrescentou.

Cogitando correr até pela Fórmula E, caso não se concretize a renovação de contrato e a quinta temporada defendendo a Williams, o brasileiro tem Robert Kubica e o atual reserva do time, Paul di Resta, como principais concorrentes para a vaga.

Apesar de as duas partes já estarem em negociação, Felipe Massa quer ter a garantia de que é prioridade na equipe: “Ainda estou pensando [sobre o futuro]. Ainda estou conversando com a equipe, para ver se eles me querem ou não. Eu preciso ter certeza de que eu possa ter um ano melhor”, completou.

 

Fonte: SuperEsportes

Comentarios

Comentarios