Vôlei de praia brasileiro tem desempenho histórico nos EUA

O início de temporada não poderia ter sido melhor para o vôlei de praia brasileiro. Neste fim de semana, o país dominou as finais tanto masculina quanto feminina, com apenas duplas brasileiras lutando pelo título do Major Series de Fort Laudardale, primeira etapa do Circuito Mundial 2017.

Antes da competição americana, a última vez que um evento internacional tivera finais brasileiras nos dois naipes havia sido em 2006, no World Series de Marseille. Na ocasião, Emanuel/Ricardo derrotou Márcio/Fábio Luiz na decisão masculina, enquanto Juliana/Larissa bateu Adriana Behar/Shelda na disputa do título entre as mulheres.

Em Fort Laudardale, coube a Álvaro Filho/Saymon, Evandro/André Stein, Larissa/Talita e Ágatha/Duda repetirem o feito raro no vôlei de praia internacional. Por conta do título em solo americano, as duplas vencedoras (Álvaro/Saymon e Larissa/Talita) levaram 1.200 pontos no ranking. Já os vice-campeões faturaram 960 pontos.

A próxima parada do tour masculino ocorre no Irã, a partir do dia 15 de fevereiro, mas não contará com nenhuma dupla brasileira. Os eventos da categoria Major (5 estrelas) dão, aproximadamente, R$ 1,8 milhão em prêmios somando os dois naipes.

Álvaro celebra o título em Fort Laudardale
É o primeiro título da parceria Alvinho/Saymon no Circuito Mundial. Eles se juntaram em agosto de 2016 e atualmente lideram o Circuito Brasileiro
 “Significa demais essa conquista, nós trabalhamos muito duro. Os Estados Unidos nos trazem sorte. Ainda não sei o que isso significa em termos de temporada, mas agora só quero sentir o momento, aproveitar com o Saymon e comemorar muito”

Festa brasileira no pódio feminino
 
Recordar é viver
Na última dobradinha brasileira nos dois naipes antes de Fort Laudardale, Ricardo (foto) fazia dupla com Emanuel. Na final, eles venceram Márcio e Fábio Luiz e ficaram com o título do World Series de Marseille. Ricardo/Emanuel foram os campeões do Circuito Mundial 2006
Bom presságio?
No feminino, Juliana (foto) e Larissa derrotaram Adriana Behar/Shelda na histórica final em Marseille. Assim como Ricardo/Emanuel, as vencedoras da etapa com dupla final brasileira sagraram-se campeãs do Circuito Mundial ao final da temporada.
Globo Esporte

Comentarios

Comentarios