Talvez um dia eu esqueça
De acordar pensando em você
E a dor da sua ausência
Perca a paciência
E me liberte pra viver

Talvez um dia eu até vença
A escassez da sua companhia
E as discussões imaginárias
Que insisto em travar
Ao longo do dia

Eu sei que vão dizer
“Tudo tem seu tempo” isso eu sei!
Mas até passar
E até curar
Pra recomeçar

Estou a procurar
Um colete à prova de lágrimas
Um escudo à prova de lábias
Um abrigo à prova de amor

Comentarios

Comentarios